PROJETO

Projeto SOPREV

O projeto Saúde Oral Preventiva (SOPREV) é um projeto de prevenção à saúde bucal e caracteriza-se por promover uma diversidade de intervenções preventivas que prezam pelo cuidado com a saúde bucal da população de Delfinópolis/MG. Desenvolvido no município o projeto tem como mascote um Jacaré, o “Jacaré do SOPREV”. Carismático e conhecido da garotada o mascote veste um jaleco e carrega consigo escova, pasta dental e fio dental ensinando as crianças, jovens e adultos que o cuidado com a saúde bucal é muito importante, sua escolha como mascote se fundamenta na interação harmônica interespecífica observada nas relações ecológicas, a protocooperação, pois, o Jacaré permite que o pássaro palito coma os restos de comida de sua boca fazendo assim sua higiene bucal.

Idealizado pela Drª Silma Assunção de Melo Lopes, o projeto conta com o apoio da prefeitura Municipal e de inúmeros voluntários. As ações do projeto têm oferecido à população de Delfinópolis inúmeros benefícios a começar pelo índice de dentes Cariados, Perdidos e Obturados – CPOD do município que no início do projeto (em 1996) era 6,8 e hoje varia entre 2,0/ 2,5 índice considerado satisfatório pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Sua criação data de 1996 quando o então prefeito municipal Fernando José Pinto autorizou a realização do Perfil de Cárie Dentária na população, deste então passou por vários mandatos e se consolida a cada ação realizada se mostrando um projeto apartidário de caráter social e educativo.

Em 1997 o secretário da Saúde Sérgio Antônio Martins permitiu as primeiras intervenções realizadas pelo projeto que desde seu início contou com o apoio da prefeitura e dos imprescindíveis voluntários, pessoas do município, crianças, jovens e adultos conscientes e comprometidos.  As primeiras intervenções realizadas pelo projeto se deram nas escolas da cidade, atendendo exclusivamente as crianças. As primeiras atividades foram escovações supervisionadas, aplicação de flúor e orientações gerais de saúde bucal de acordo com as normas da Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais. Ainda em 1997 aconteceram também a expansão do projeto de prevenção para a população adulta, inserindo trabalhos de prevenção ao câncer de boca no Hospital Municipal, para pessoas acima de 40 anos e a realização da primeira “Praça da Prevenção”.

Em 14 de maio de 1998 o prefeito José Geraldo Franco Martins assinou o Decreto Executivo n. 022/98 adotando o Projeto SOPREV para aplicação no âmbito Municipal e em 2009 a partir da necessidade de ampliar sua atuação na área da saúde, promoção e educação em saúde, prevenção de cáries, doença gengival e câncer de boca foi criada a ONG Projeto SOPREV declarada de utilidade pública pela lei municipal n° 1.921/2009 e pela lei de utilidade pública estadual n°. 2.0132/2012.

Hoje a ONG Projeto SOPREV não para de crescer e se inova a todo instante. Atuando para além da ênfase em saúde bucal possuí uma abrangência social muito grande em todo o município de Delfinópolis atendendo não só os moradores da cidade, mas também os distritos de Olhos D’água, Ponte Alta e toda zona rural como as regiões da Babilônia, Gurita e Bela Mansão. O SOPREV é hoje uma Organização Não Governamental que cresce como fruto do trabalho conjunto e incansável de inúmeros cidadãos Delfinopolitanos e no momento tenta constituir-se com sede própria. A obra da sede está sendo realizada em um terreno doado pela prefeitura municipal com apoio da câmara de vereadores, conta com o apoio de sócios contribuintes e toda comunidade.

Sua marca registrada o Jacaré do SOPREV com seu fio dental no bolso, a pasta dental e escova na mão já viajou por diversos lugares e estados brasileiros compartilhando experiências levando muita informação e conhecimento às pessoas de outras regiões. Exemplo disso são as palestras e participações em congressos nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Distrito Federal, além de ações praticadas em entidades de outros municípios como a praça da prevenção no Hospital do câncer de Barretos/SP, palestras na cidade de Cássia/MG e participação em missão humanitária no Vale do Jequitinhonha/MG.

Veja a seguir as principais ações da ONG Projeto SOPREV:

- Dez anos de Praça da Prevenção:

Imagine uma cidade pequena, uma praça toda colorida e repleta de pessoas (das mais diversas faixas etárias) palhaços, sorrisos, brincadeiras, jogos educativos, pinturas de rosto, etc, esse era o clima na praça Manoel Leite Lemos em Delfinópolis no dia em que acontecia a “Praça da Prevenção”, evento de caráter lúdico e educativo em praça pública envolvendo todas as faixas etárias em atividades temáticas sobre saúde bucal. Importante por seu caráter aberto e abrangente sem deixar de lado o direcionamento das atividades voltadas para a saúde bucal e preventiva a “Praça da Prevenção” ou simplesmente o “dia do SOPREV” como era chamada por muitas crianças e moradores da cidade teve um papel fundamental na consolidação do projeto na sociedade. Envolvia profissionais de diversos seguimentos como cirurgiões dentistas, professores, estudantes, médicos, servidores públicos, aposentados e comerciantes, no trabalho voluntário e dinâmico que ultrapassava os momentos das atividades na praça. O espaço físico amplo e aberto da praça se enchia de alegria ao ver tantas pessoas trabalhando e aprendendo com empenho e disposição. O evento foi realizado por 10 anos até chegar a sua décima edição em 2007, sendo que por duas vezes (nos anos de 2003 e 2007) aconteceram os concursos a nível estadual com redação e desenhos sobre saúde bucal e em 2005 foi realizado o festival de música com premiação denominado “Show-riso”.  É comum ainda hoje pessoas perguntarem por aquele momento tão especial e esperado.